20 de fevereiro de 2016

Polémica Facebook - “The Motherhood Challange” (O Desafio da Maternidade)

As pessoas criam polémicas por tudo e por nada, a mais nova polémica é a do desafio gerado no Facebook para que as mães publicassem três fotografias que demonstrasse o quão se sente feliz no papel de mãe, ao menos foi assim que compreendi e inclusive participei do desafio.

Entretanto uma mãe resolveu fazer outro tipo de desafio, mas a demonstrar que a vida de mãe não é um mar de rosas. E então, qual o problema???? Cada um é livre de se expressar como quiser, desde que obviamente não ofenda ninguém.

Existem imensas frases por este Facebook à fora, mas há uma que faz o maior sentido para mim diz: 
"As pessoas estão mais preocupadas em ter do que ser!". 




As pessoas ainda não aprenderam que felicidade é mais do que adquirir bens materiais, felicidade é um estado de espírito, não é algo que chega com sucesso profissional ou aquisição de bens. Tudo na vida implica coisas boas e más, isto aqui não é o paraíso! 

A maternidade é uma carta fechada, implica sacrifícios e renúncias, assim como no casamento, há dias em que apetece trancar o marido no armário e deitar a chave fora. Ainda que você tenha um emprego de sonho, há sempre aquele dia em que apetece mandar o patrão ou um colega às favas. 

Não, a maternidade não é um mar de rosas, mas só enfrenta este desafio quem tem a capacidade para tal, quem não tem fica quieto, por que aqui estamos a lidar com pessoas, eles não são bebés para sempre, estamos a preparar homens e mulheres para a vida, convém que seus orientadores sejam pais capazes, valentes, dedicados e como muito amor no coração. 

Infelizmente a maternidade pode trazer consigo problemas de saúde, uns mais graves que outros, ainda assim não é motivo para acreditar que a maternidade não possa ser feliz. A depressão pós parto por exemplo é uma fase muito difícil, mas aí entra o pai para dar apoio, afinal, mãe não faz filhos sozinha, daí também a quem aspira ser mamã um dia, saber escolher a altura própria e um papá à altura.

Apesar de todas as dificuldades que surgem no caminho da maternidade e a mim surgiram várias, sinto-me muito feliz e realizada, acho que a maternidade nos trás um discernimento que é importante à mulher e ao homem também na medida em que nos ensina a focar no essencial, a dar prioridade ao que realmente interessa e dá-nos a oportunidade de viver um amor sem igual.

*Esta é minha humilde opinião, sem querer ferir susceptibilidades!

Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...